Formulação de insulina de moléculas pequenas

A fabricação de produtos biológicos traz grandes desafios, entre eles a necessidade de métodos e instrumentos mais precisos e flexíveis para a detecção do tamanho do produto biológico, autoassociação, discriminação de espécies e comparabilidade entre lotes. Dentre os métodos disponíveis, a ultracentrifugação analítica (analytical ultracentrifugation, AUC) fornece uma melhor análise da estruturas de primeira ordem, sem a necessidade de diluições extensas ou risco de interações da amostra com a matriz da coluna. Como a AUC é tolerante a uma ampla gama de tampões, é o método perfeito para avaliar como as alterações na formulação afetam a conformação da solução de proteínas, e, por sua vez, como a formulação e a conformação da solução afetam a atividade biológica 

A atividade da insulina é diretamente vinculada a estrutura dos vários domínios da proteína. A análise de várias formulações de insulina fornece informações importantes sobre o efeito de diferentes aditivos na agregação proteica e sua relação com os efeitos biológicos observados nos pacientes. 

Saiba mais sobre a análise de comparabilidade da insulina com AUC aqui. 

Produtos para a formulação de insulina de moléculas pequenas

Optima AUC Analytical Ultracentrifuge

Optima AUC

Use para evitar efeitos de matriz e garantir a estrutura da proteína

Talk to an Expert











Please keep me informed about Beckman Coulter webinars, products, goods, and services, including products, goods, or services from our related companies.



By submitting this form I confirm that I have reviewed and agree with the Privacy Policy and Terms of Use. I also understand my privacy choices as they pertain to my personal data as provided in the Privacy Policy under “Your Privacy Choices”.

Related Resources